Loading...

Siga o Blog de Frei Gaspar

segunda-feira, 18 de abril de 2011

INCONFIDÊNCIA MINEIRA -COROA PORTUGUESA CARREGOU QUASE TUDO




Fazendas, escravos, gado, jóias,livros, talheres... A lista dos itens apreendidos pela Coroa Portuguesa dos inconfidentes que se debelaram é longa e variada.

O processo transcorreu entre 1789 e 1792, quando o destino dos inconfidentes foi selado.

Dos condenados, só o alferes Joaquim José da Silva Xavier foi morto. Os demais, em alguma medida,seguiram trajetórias nem um pouco infames – ao contrário do que se poderia esperar para condenados por um crime considerado tão grave. Além disso, seus bens,em grande parte, ficaram bem longe dos cofres de Portugal.

- Joaquim José da Silva Xavier(alferes): 142 bens apreendidos.
- Cláudio Manuel da Costa(Advogado e poeta) : 844 bens apreendidos.
- José de Resende(Coronel): 419 bens apreendidos.
- Manuel Rodrigues da Costa(Padre) : 361 bens apreendidos.
- Francisco A. de Oliveira Lopes (Coronel) : 802 bens apreendidos.
- José Aires Gomes(Coronel): 1976 bens apreendidos.
Inácio J. de Alvarenga Peixoto(Advogado e poeta) : 456 bens apreendidos.
- José S. de Oliveira Rolim(Padre) : 72 bens apreendidos.
- Carlos C. de Toledo e Melo(Vigário): 389 bens apreendidos
- Luís Vieira da Silva( Cônego) : 811 bens apreendidos.
- José Lopes de Oliveira (Padre) : 1 bem apreendido.
- Domingos de Abreu Vieira(Coronel): 178 bens apreendidos.
- Tomás Antônio Gonzaga (Advogado,poeta e desembargador): 338 bens apreendidos.
- José de Resende Costa(filho) (Fazendeiro) : 13 bens apreendidos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja mais um a comentar